INSTRUÇÕES GERAIS

O produto que integra as HVL nos TV tem como eixo a elaboração de um projeto de aula (que é um conteúdo dos que se trabalham na sala de aula) cujo objetivo é destacar a diversidade de línguas e culturas presentes na turma e favorecer o desenvolvimento das capacidades de leitura na sociedade da informação. Para isso, propõe-se uma viagem pelo mundo da plurialfabetização (alfabetização multilingue, intercultural e multimodal) em companhia de outros leitores, para entrar em contato com outros mundos e culturas. Como a ideia é que estas atividades representem o mundo da interculturalidade, é fundamental que o projeto possa ser partilhado com outras escolas.

OS OBJETIVOS.

Na realização das atividades para os tapetes, é necessário ter bem presentes os objetivos fundamentais dos mesmos, nomeadamente os que estão mais relacionados com as HVL.

Fazer com que os idiomas dos alunos apareçam na sua própria história.
Contar, ensinar, partilhar, intercambiar a história da sua vida linguística e discutir com os outros para estabelecer as bases de sociedades que incorporam, respeitam e valorizam a pluralidade individual e a diversidade do conjunto.
Facilitar as interações com os outros comunicando estas histórias.
Abrir-se aos outros.
Saber como interagem com as diversas línguas em diferentes contextos (linha dialógica) para lhes dar vida e conhecer a sua história (linha cronológica).
Interagir na sala de aula para dar mais vida às línguas presentes na mesma.
Conhecer-se melhor, entender-se e reconhecer-se.
A intercompreensão entre as línguas do meio.

E também os objetivos do projeto relacionados com os TV:

Facilitar a tarefa dos professores na criação de hábitos de leitura e a convivência e a coesão social.
Fomentar e incidir nas conexões entre a sala de aula e a vida quotidiana, favorecendo assim a convivência e a coesão social.
Fomentar o prazer de ler em todas as funções da leitura.
Favorecer o desenvolvimento do hábito de leitura e a convivência social dinamizando as relações entre os destinatários deste produto.
Potencializar o interesse pelo uso de materiais em diferentes formatos, suportes ou línguas, como forma de abertura à diversidade.

ASPETOS QUE DEVEM SER CONSIDERADOS de uma maneira geral na elaboração do produto

O projeto KOINOS não impõe determinados temas ou projetos; estes devem ser decididos a partir do programa de cada aula ou do currículo escolar. A estrutura dos tapetes viajantes também deve seguir a dos projetos da turma tal como se realizam nos centros. O que caracteriza os projetos ou os tapetes do KOINOS é a perspectiva plurilingue, intercultural e multimodal da sua realização; a sua abordagem tendo em conta a diversidade das atividades e dos materiais para a captação, elaboração e comunicação da informação; a sua finalidade de ser partilhado com outras escolas; a presença do multilinguismo e da multimodalidade para a informação; e a presença da interculturalidade e da coesão social nas interações para o produto final. Portanto, o KOINOS destaca a necessidade de uma abordagem plurilingue (na diversidade de línguas presentes no meio e na sua utilização na sala de aula) e intercultural (da convivência e coesão do grupo e social), bem como a multimodalidade dos materiais utilizados na sua realização.

É importante insistir na necessidade de utilizar as línguas faladas pelos alunos da turma ou as que são faladas em casa. Também é conveniente especificar a maneira de abordar esta diversidade de línguas (glossários, traduções por aproximação ou através de um mediador) quando a língua dos intercâmbios não for a mesma para os diferentes participantes (português, francês, catalão, alemão...).

Finalmente, é essencial dar muita importância ao trabalho cooperativo, a pares ou em pequenos grupos, como base para o trabalho com a diversidade de materiais.