Tapetes viajantes familiares

tapete pechado

No âmbito do projeto KOINOS, realizam-se nas salas de aula atividades sobre as línguas e as culturas (as que são apresentadas no separador dos tapetes viajantes, virtuais). Na realização destes tapetes, há momentos em que os familiares e outras pessoas do meio onde se localizam as escolas participam ativamente. No entanto, os tapetes familiares são ferramentas diferentes, essenciais para ajudar na tarefa de coordenação entre a sala de aula e a família. Os tapetes familiares (físicos) são parecidos com as malas viajantes que muitas escolas e bibliotecas utilizam para a dinamização da leitura. O seu objetivo é fazer com que as crianças viagem com a imaginação fazendo a leitura partilhada dos materiais que contém.

Trata-se de malas ou pastas com diversos materiais (livros, CD-ROM ou documentos virtuais) para que toda a família participe fazendo uma leitura colaborativa destes documentos ou também de outros que tenham em casa, que abordem esta temática e que possam ser partilhados com as outras famílias da turma. Nas malas-tapetes, para além de uma folha com instruções para facilitar a realização das atividades, há uma caderneta para que cada família possa explicar o que aconteceu durante a leitura, o que pode ser útil para as outras famílias e também pode se tornar uma ferramenta de comunicação entre elas.

carpeta abierta

Propõe-se que a família procure momentos de tranquilidade para que, ao ler os materiais escolhidos, falem e deixem que as crianças falem sobre as imagens e as histórias, fazendo perguntas e comentários para os ajudar a explicar o que pensam e os sentimentos que surgiram durante a leitura partilhada.

Ao terminar a leitura e os comentários orais com as crianças, sugerimos que as famílias façam uma recolha de tudo que aconteceu durante a leitura: o que mais lhes chamou a atenção; as atividades que realizaram; de que é que mais gostaram; que assuntos abordaram a partir da leitura... Também podem fazer sugestões que ajudem as outras famílias. Para elaborar esta recolha, podem fazê-lo por escrito na língua que desejarem; também podem desenhar, colar fotografias ou outros elementos plásticos, ou colocar o que lhes parecer mais adequado e interessante.

Agora, quando o tapete familiar chegar aos outros lares, os contributos feitos por cada família ajudarão as outras a fazerem sua viagem com a imaginação pelo mundo da diversidade linguística e cultural.

 

       Os tapetes familiares do ano lectivo 2016/2017
       A apresentação dos tapetes familiares à comunidade educativa
       Os comentários das famílias