Formação

As crenças, tanto dos futuros docentes como dos docentes no ativo e agentes educativos e sociais em geral, tornam necessário trabalhar, de maneira clara, conceitos e procedimentos fundamentais em relação à educação plurilingue e intercultural e, por isso, Koinos põe uma especial ênfase na formação, não somente dos docentes, mas também de um conjunto mais amplo de agentes e instituições educativas, para somar esforços e coerência com uma clara aposta por uma educação comunitária.

Na nossa opinião, nos processos formativos devem confluir a introspecção e um contraste de olhares críticos sobre a prática, que aponte para a criação de novos conceitos que nos ajudem a avançar numa educação inclusiva e plurilingue.

O projeto Koinos inclui uma parte de formação dirigida às pessoas que já estão sobre o terreno da educação.

Esta formação está destinada a cinco grupos de pessoas, que são: os formadores que levam a cabo a formação, os profissionais da educação, os técnicos locais, as famílias e outros agentes sócio-educativos, e os estudantes universitários de magistério.

 

Formació 5

Para o desenvolvimento das propostas que estão contempladas no projeto em relação à formação, levamos em conta três aspetos fundamentais:

  • Entender a formação como um processo de investigação-ação, dado que este processo nos oferece ferramentas para poder melhorar o mesmo.
  • Les accions formatives que proposa el projecte KOINOS pretenen incidir en la introspecció i un contrast de mirades crítiques sobre la pràctica, que apunti cap a la creació de nous conceptes que ens ajudin a avançar en una educació inclusiva i plurilingüe.
  • As propostas de formação devem ter um impacto decisivo na formação. Com o propósito de favorecer a construção dos leitores que possam desenvolver, no mesmo acto de aproximação aos textos, a sua competência plurilingue e intercultural, discriminamos a seguinte série de medidas inovadoras:
     
    • 1 A redação de relatos de vida leitora que permitam aproximar-se às representações individuais e coletivas sobre os idiomas, a sua aprendizagem e o seu uso, bem como as experiências culturais.
    • 2 A melhoria da compreensão dos textos a partir da intertextualidade e da hipertextualidade; trata-se de provocar processos de descentralização que promovam atitudes favoráveis para a diversidade.
    • 3 A introdução de estratégias relacionadas com a intercompreensão de textos.
    • 4 A introdução de uma perspetiva lúdica e criativa para se aproximar da diversidade dos idiomas que fazem parte do repertório dos alunos.
    • 5 A leitura multi-semiótica: as ilustrações, a organização de blogs para comentar leituras, exposições, representações teatrais, etc. Devem formar parte da grande variedade de recursos que são necessários mobilizar.
    • 6 A diversificação de propostas a partir do contexto, e em concreto, do papel que se concede às famílias. As tarefas relacionadas com a leitura proposta com a implicação dos stakeholders devem ser diversas e ter diferentes níveis de dificuldade. Trata-se de estabelecer uma geometria variável.
    • 7 A promoção da interação através da diversificação de agrupamentos. Os alunos devem interagir entre eles, o que significa que devem fazer uso do idioma, dos seus idiomas, para confrontar as suas representações através do diálogo. Situamos a proposta no denominado paradigma interacionista, segundo o qual o que mais interessa da capacidade dos alunos é a qualidade da comunicação.
    • 8 A ação tutorial entre alunos. A colaboração entre participantes de diferentes idades que ajam como tutores de alunos de menor idade é um recurso muito adequado para fomentar a empatia e a responsabilidade.
    • 9 A conscientização da tarefa e dos resultados. A dimensão lúdica que propomos não escapa de duas questões do processo: a avaliação e a reflexividade.
    • 10 O papel central da biblioteca dos centros e dos outros espaços culturais. Todos os espaços públicos devem ser também espaços abertos à circulação das palavras, dos idiomas e das culturas. Todos podem converter-se em territórios privilegiados para a apresentação e exposição de materiais.

 

koinos-1Children