Sócios

Este projeto é formado por um consórcio de seis sócios de instituições educativas europeias. O IMEB é o sócio coordenador do projeto. A seguir relacionam-se cada um dos sócios:

Espanha

a) Instituto Municipal de Educação de Barcelona (IMEB)

O IMEB é uma organização autónoma da Câmara Municipal de Barcelona criada no ano 1993, que trabalha para garantir que a prestação da educação seja adequada para as necessidades da cidade, a correção dos desequilíbrios territoriais e das desigualdades sociais, contribuindo para a melhoria do sistema educativo. Também desenvolve numerosas ações para promover a participação, a inovação e a melhoria da ação educativa na cidade no marco do compromisso de Barcelona como cidade educadora.

Link: www.bcn.cat/educacio

b) Universidade Autónoma de Barcelona (UAB)

A UAB é uma instituição de ensino superior sem fins lucrativos fundada em 1968, que ocupa uma posição de líder nos mais prestigiados rankings universitários internacionais.
Dentro deste projeto participam 2 equipas de investigação da UAB:

Equipa de Investigação em Diversidade e Inclusão em Sociedades Complexas (ERDISC). Trata-se de um grupo de investigação no Departamento de Pedagogia Aplicada da UAB que se concentra na construção de conhecimentos e projetos de ação social comunitária enfocados na gestão da diversidade de uma perspetiva inclusiva e inclusora no contexto de uma sociedade complexa.

Grupo de Investigação em Ensino e Interação Plurilinguísticos (GREIP). Desenvolve a sua atividade no Departamento de Didática da Língua, da Literatura e das Ciências Sociais da UAB.Os âmbitos de aplicação dos seus estudos são: a formação inicial e contínua de docentes; as políticas linguísticas educativas e os projetos linguísticos de centro e as didáticas plurilingues.

Link: www.uab.es

c) Universidade de Barcelona (UB)

A Universidade de Barcelona (UB), criada em 1450, é um importante centro da educação, da ciência e do pensamento crítico. O grupo de investigação PLURAL (Plurilinguismos Escolares e Aprendizagem de Idiomas) orientou as suas investigações ao ensino de idiomas em meios plurilinguísticos. Nesta linha, o grupo aprofundou-se nas crenças que mantêm os docentes, em ativo e em formação, no marco do projeto.

Link: http://www.ub.edu/plural/inici

Portugal

a) Universidade de Aveiro

A Universidade de Aveiro foi fundada em 1973 e conta com um forte perfil de investigação, agindo como uma rede regional para a promoção da educação e a formação de fortes vínculos com a comunidade. A equipa de investigação que participa no projeto conta com uma grande experiência em matéria de formação de professores em investigação educativa. Além do mais, participou em projetos internacionais financiados sobre intercompreensão de idiomas, sensibilização linguística e fomento da consciência de promoção da leitura.

Enllaç: www.ua.pt

Alemanha

a) Universidade de Hamburgo

A Universidade de Hamburgo, fundada em 1919, é a maior instituição de investigação e educação do norte da Alemanha, sendo uma das universidades mais importantes do país. A universidade leva a cabo investigações importantes na área de plurilinguismo, heterogeneidade e educação, e a equipa de investigação participou em diferentes projetos a nível europeu sobre o plurilinguismo e a multiculturalidade, contando com uma ampla experiência no campo da herança linguística e comunidades imigrantes.

Link: www.uni-hamburg.de